Designer, O que todo designer deve saber sobre placas, como fazer


Designers de Placas

                                    Faça diferente

design de placas


Analise dos condicionantes do trabalho do Designer
no desenvolvimento de placas

O que é necessário para uma boa placa?
O primeiro passo é definir que publico alvo?
é uma mídia fixa, local fixo? exemplo é colocado na parede, é uma fachada?
O leitor vem a pé ou esta em um veículo? ou ambos?


Quando estamos criando um logo muitas vezes não temos muitas informações, mas temos que organiza-las, conhecendo o cliente e até seus planos futuros, vai ter lojas, distribuidores, é dependente de fachada?, sua marca ou produtos são conhecidos, são inovadores, ............

Tem-se que Definir, público, meio ambiente e objetivo
        • Público - definir qual publico alvo
        • Meio ambiente - onde será colocado e como
        • Objetivo - qual o objetivo? atrair clientes? fixar a marca?...
Definido estes fatores temos maior chance de fazer um bom trabalho
e criar valor ao cliente. 

Conhecer o sistema produtivo de placas cria um grande diferencial para o profissional de designer pois pode se diferenciar e inovar com as novas tecnologias.

conheça mais sobre as novas técnicas de fabricação


Muitos fatores usados do desenvolvimento de materiais publicitários também são usados na criação de placas, mas nem sempre tem o mesmo significado. Exemplo contraste que pode estar focado no tipo da letra, em placas levará em conta, o contraste com o meio (local físico que será aplicado), contraste entre as cores, contraste entre os tipos de letras, contrastes entre os tamanhos dos componentes da placa, contraste com o fundo; E todos estes fatores influenciam no resultado do produto final.

"em tipografia contraste esta mais em relação ao escrito"


Outro importante fator de diferença é que na maioria dos trabalhos do designer o observador esta muito próximo do trabalho feito (papel, tela de computador, revista, etc), já na maioria das placas o observador é possível que esteja bem perto em distância media ou longa distância e isso tem que ser levado em conta na execução do trabalho.

Especialmente na proporção e tamanho de letras.
Sempre observo um cem número de trabalhos que se visto a certa distância 
não será minimamente visível ou de difícil interpretação.
E muitas vezes ainda colocado em seu portfólio ou página de divulgação




PRINCIPAIS FATORES DE LEGIBILIDADE



ESPAÇAMENTO


Mesmo que você tenha desenvolvido um tipo da letra que vai utilizar em um trabalho é importante observar os princípios de fabricação de placas, pois são altamente estudados para obter os melhores resultados e é difícil de encontrar material para o estudo de fabricação de placas; com este material um designer pode se diferenciar bastante no mercado.

O espaçamento entre letras é de enorme importância; Como referencial podemos considerar 1/5 da sua própria altura da letra ou usando outra vertente usada por letristas de parede, verifique o comprimento disponível para colocar a frase (exemplo 1200 mm) divida pelo número de letras da frase 1200/ 10 = 120 , dos 120 calcule 20% do comprimento, você terá um espaço de 24 mm de espaço entre as letras e 96 mm de tamanho da base da letra.
As duas formas são iguais pois 1/5 é igual a 20% só que da largura da base da letra, com isso já temos uma boa ideia de proporção da letra.

A altura da letra também é influenciada pelo tipo da letra escolhido.

Considere que ao criar um tipo de letra, com estes atributos você vai tornar ela mais ou menos visível, quanto maior a distância que estará o observador maior a dificuldade de ler e compreender a mensagem, assim como quanto menor o tempo para ler (exemplo em transito de dentro de um veículo) mais difícil de compreender e assimilar a mensagem ou reconhecer uma marca. 

O espaçamento também ocorre entre frases e é bastante importante esteticamente, mesmo usando letras maiúsculas e ou minusculas. Quando desenhadas por softwares de desenho você pode verificar estas medições e efetuar as correções que julgar com as ferramentas de ajustes, no desenho manual você deve executar usando as regras de espaçamento.

tipo de letra

O objetivo do espaçamento é facilitar a legibilidade e cabe ao Design decidir até que ponto
altera o desenho objetivado

A arte só é arte até o ponto em que não diminui a comunicação
que é o objetivo fim.


Mas como usar a meu favor, qual o objetivo do espaçamento entre letras?



Basicamente é aumentar a legibilidade, evitando que tenhamos uma ocorrência chamada acumulação. Como muitas placas estão colocadas paralelas a paredes quem estiver caminhando em uma calçada terá esta percepção de acumulação

quanto maior a altura da letra (espessura de letra 3D), maior a acumulação


letras criativas
observe a mudança de sentido clear morn para dear mom
em muitos casos na acumulação o sentido fica difícil de entender
e difícil de ler e compreender a mensagem


Não estar posicionado exatamente a frente de uma frase dificulta sua legibilidade, e esta é a realidade na imensa maioria dos casos.



CONCLUSÃO_ Diminuir o espaço entre as letras para caber nunca é a melhor opção, muitas vezes uma solução viável é o uso de placas dupla face, pois são visíveis de ambos os lados.


design moderno

Olhe este exemplo acima, bom contraste de cores com bom gosto tanto letra
quanto de fundo, formato, aplique e borda.
inovou com qualidade e bom gosto.
Observe que o uso de textura é um grande diferencial.

placas criativas

modelo mais sóbrio, simples e objetivo, transmite solidez que uma empresa de seguros 
quer transmitir


EMPILHAMENTO


Empilhar para caber uma grande quantidade de conteúdo e informação somente reduz a facilidade de poder ler, compreender, entender e reconhecer. 
Para transeuntes dentro de veículos é impossível ler materiais acumulados e ou empilhados pelo baixo tempo existente para a leitura


tipografia


lettering

Se tiver que obrigatoriamente condensar aumente o espaçamento entre linhas 
fica mais legível
veja piggy back

Não raro vemos no mercado placas e letreiros com grande número de informação, nomes, produtos, telefones, sites, ofertas, etc. Na grande maioria das vezes o efeito é contra , apesar de grande número de clientes forçar para incluir cada vez mais informação. Sempre menos é mais.


Conclusão - forçar por empilhamento para caber diminui a qualidade do resultado



Dizem que a única exceção são banners de lona usados em fachadas para produtos de baixa renda mas que na verdade não são objeto de trabalho de designers. 

Elementos de design de placas eficazes:


Visibilidade:

O tamanho do seu sinal/placa ajuda a determinar a altura das letras que você deve usar. 

E recomendamos dez centímetro de altura de letra para cada 10 metros de distância do observador para visualização no ponto de máximo impacto. Aqui também se define que tamanho de placa devo fazer, sabendo a que distância da placa estará o seu observador e sabendo que mensagem quer transmitir por aproximação já saberá o tamanho de seu projeto.

Muitas cidades tem limitações em lei do uso de área de fachadas e especialmente o uso
de placas que avançam sobre a calçada como dupla face.



Legibilidade:

Menos conteúdo é geralmente (e eu diria sempre) melhor. Quanto mais coisas em um sinal mais difícil de comunicar com eficiência. Um sinal personalizado por Especialista vai ajudar a criar a máxima legibilidade para os seus sinais. Maiores letras, letras mais ousadas e cores adicionais podem dar ênfase, assim como imagens atraentes.

Uma placa pode conter uma serie de fatores que diferenciam positivamente, seja ,
formatos, cores, inclusão de arabescos, figuras em 3D, texturas de fundo, etc.

(exemplos: 3D de um peixe para um restaurante de frutos do mar
ou uma xícara de café ou chá)


design moderno

veja como uma placa pode ser feminina ou masculina



"Olhos-capacidade de capturar":



A cor que você usa deve contrastar bem com o ambiente em que ele será colocado. Observar o fundo e o contexto do local físico.

O uso de imagens atraentes é importante para o impacto global do seu sinal, assim como o

contraste das cores entre esta imagem a placa e o fundo.


Mas muitas vezes não sabemos e não temos muitas das informações, como o local que vai ser colocada, mas é necessário este estudo de viabilidade seja feito mentalmente.



legibilidade da letra:


Estilo da letra é crucial para a legibilidade. Evite o uso de letras extravagantes, letras emendadas, muitos detalhes - especialmente quando os sinais ou faixas devem ser lidos à distância. 



Letras desenhadas devem ser usadas com a avaliação do design, entre a perda de legibilidade versos a atração da imagem.

O mais importante sempre é a mensagem.


Temos que levar em conta a angulação em que é visto o sinal, em que momento inicia a
angulação até o máximo momento de exposição que é quando a olhamos de frente.

A altura da letra (profundidade) exerce grande influência, como padrão máximo a altura não deve ser maior que sua espessura, sob pela de ocultar a própria próxima letra.

design interativo


Aspectos importantes 

A distância do observador, é uma das principais analises a ser feita para decisão de um sinal é bem avaliada para obter o melhor resultado.
No quadro abaixo se ressaltam duas variáveis, o melhor ponto de visualização ( a distância em que exerce o maior impacto) e a máxima distância em que é possível ler.

Tamanho x Distância
Como exemplo da grande importância o estudo abaixo mostra as distâncias, mais visíveis a um observador, uma letra de altura 7,6 centímetros de altura terá a distância de maior impacto visível em 9,1 metros e a máxima distância visível em 30 metros.

Sempre que possível mantenha na Distância de maior impacto,
para a obtenção do melhor resultado.
Claro que outros fatores também tem importância, fatores como cor, tipo de letra, contraste entre elas, mensagem, combinações, etc. também iram influenciar na legibilidade
mas nenhum terá a importância do tamanho.

Quanto mais desenhada a letra mais difícil será a leitura e entendimento da mensagem,
assim colo letras emendadas.

                          Tamanho de altura de letra  x distância do observador

                             lettering e visibilidade de letras

Para tamanhos de letras diferentes na mesma placa/sinal pense em cada item separadamente, até chegar ao objetivo desejado.


Tempo de leitura quando o observador esta em movimento (dentro de um veículo)


Legibilidade em veículos é um tema de muita importância é por anos foi uma das maiores mídias dos lojistas, seja em mídias publicadas do lado interno de ônibus, assim como no lado externo (exemplo vidros traseiros), fachadas de lojas também tinham vital importância, tanto era esta importância que surgiram os out-doors/placas de estrada ou de rua que cobram por tempo de exposição (normalmente em número de dias)

Os usuários de ônibus normalmente tem mais tempo de exibição a uma mídia, seja pela maior frequência de uso de uma rota, ou estar mais tempo disponível olhando a rua e em menor velocidade de passagem.

O fluxo de veículos, seja em ônibus, vans ou carros, cada vez mais tem um maior volume de exposição de mídia, por maior número de veículos circulando e
maior competição de mídias.

Os usuários de ônibus e automóveis são disputados fielmente, os de automóveis são sempre mais difíceis de captar, seja pela maior velocidade de passagem, por o motorista estar envolto na tarefa de dirigir, vamos terminar obtendo uma atenção parcial.

Atualmente até paradas de ônibus são usadas como exposição de mídia

Todos sabemos que existem muitas formas de divulgação, sites, redes sociais, folhetos, etc, e cada mídia tende a atender públicos diferentes que se completam, com um site você pode atingir pessoas fora do perímetro de seu empreendimento e com as placas vai atingir as pessoas de seu local.

Se sua loja depende da venda de quem passa a frente de sua fachada a sua placa é de vital importância. A grande maioria dos designer não vai ter o logo da HP para desenvolver, mas certamente terá dos pequenos negócios de sua cidade seja um restaurante, uma lavanderia, uma livraria, uma padaria, entre tantos; Sendo que a imensa maioria dos negócios são dependentes de fachadas e de suas marcas.

Normalmente são marcas novas pouco conhecidas que cometem o erro de não explicitar o que fazem em detrimento do conjunto ou um logo.
Dizem tudo menos que produto ou serviço.

tempo de leitura x velocidade de passagem x quantidade de informação

Tempo de leitura é uma das técnicas importantes em mensagens e uma das mais estudadas, um carro a 50 Km por hora,  percorrerá aproximado 12,96 metros em 1 segundo, será que sua placa será lida?
será que existira tempo para ler, interpretar e compreender a sua mensagem?

caligrafia e velocidade de leitura


Descoberto quantos segundos temos da atenção do passante podemos calcular quanto de mensagem podemos incluir em uma comunicação. Quanto maior a velocidade menor é o tempo disponível.

A maioria dos sinais de rua tem mais mensagem do que poderá ser lido, muitas vezes perdendo a intensidade da mensagem.

Uma letra de altura de 23 centímetros de altura, e um veículo a 48 kilometros por hora
terá um tempo de exposição de 10,2 segundos
será que teremos este tempo??

                          lettering e velocidade de leitura

Inúmeros fatores irão influenciar nesta visualização, pois sendo o motorista (como alvo) teremos que incluir a concentração, pensamento disperso, entre outros.

CONCLUSÃO- quanto menor a quantidade de informação, melhor a facilidade de leitura, interpretação, compreensão e retenção.


FATORES DE ESCOLHA

        • acuidade visual (capacidade de ser visto)
        • contraste de cores e fundo
        • estilo da fonte
        • fatores de distração
        • iluminação
A placa/sinal irá sempre competir com o cenário já existente. E não só com atuais concorrentes de seu mercado, mas irá concorrer com todo o entorno. Todos os detalhes da sua escolha como contraste x vibração da cor (combinação adequada de cores), serão significativos no resultado final da placa/sinal em vencer a competição de atrair a atenção.

Estas características acima se juntam e somam provocando que uma placa provoque muito tempo e trabalho para ler. Lembre-se que a maioria das placas de lojas são vistos por pessoas que passam, muitas vezes em velocidade e a distância. Faça seu logo nome de lojas ser visível e fácil de ler e interpretar em segundos.


Um desenho de placa/sinal de loja pode ficar ótimo em um monitor, deslumbrante sobre o fundo em branco, especialmente por estar iluminado mas ser totalmente inútil do outro lado da rua. 

Vamos falar primeiro sobre os conceitos básicos de um bom design :

                               

                           design fontes serif font

Misturar estilos de fontes, tamanhos e pesos é parte do bom processo de obtenção de atenção do leitor, comunicando a mensagem essencial bem rapidamente, e , em seguida, orientá-los pelo resto da informação. Mas muitas fontes ou estilos juntos  fazem a placa de nome de lojas não ficar adequada, em uma mistura sem hierarquia clara.


Pode usar até dois estilos e não mais que isso.


Mas, primeiro, você terá que chamar a atenção dos clientes. Se o leitor está dirigindo e vê um banner ou outdoor, ou visualiza uma imagem em um veículo que passa, lembre-se você tem apenas alguns segundos para competir e comunicar uma mensagem atraindo a atenção e gravar uma informação. Diferente de quando você visualiza seu trabalho no computador que tem tempo para visualizar e decidir sobre a nitidez do conteúdo.

Diferenciar para chamar a atenção é feito usando fontes maiores ou mais ousadas para ampliar a informação básica que normalmente é o nome de lojas, produto, número de telefone e / ou endereço da web. Um grande número dos clientes quer muito texto em uma placa, parte de seu trabalho é convencê-los a simplificar e de alguma forma sugerir incluir o produto que ele entrega, para que a placa de nomes de lojas seja mais facilmente gravadas na mente do consumidor.



Proximidade e espaços em Branco


espaço positivo e negativo 

O Yin e Yang de sua logo 


                                design Yin e Yang


Aplicando um Bom design se gerencia o equilíbrio entre o espaço positivo e negativo. Espaço positivo é definido por letras e imagens. Espaço negativo é o que está ao redor e entre essas imagens. Pense o antigo símbolo Yin e Yang. É um equilíbrio perfeito entre o espaço positivo e negativo. Como seria a sua aparência se todo o contorno fosse em preto? Seria um círculo sem nenhum significado. O espaço negativo dá sentido e contexto para o positivo. Bom design em uma placa de nomes de lojas faz a mesma coisa. Gerir o espaço negativo entre e ao redor dos elementos gráficos torna mais fácil para os leitores a interpretar e entender a mensagem. Os erros de projeto mais comuns sobre espaçamento são incapacidade de gerir o espaço negativo entre as letras : (kerning ou a falta dela ) e colocar tanta informação no layout que não há espaço negativo o suficiente para organizar de forma ordenada o conteúdo .

                         
                               O negativo tem a função de iluminar o positivo



Além de gerir o espaço negativo entre as partes do projeto, uma placa de nomes de lojas com bom design requer um equilíbrio de espaço negativo na colocação geral dos componentes.

Não preencha a placa com texto e imagens, mesmo que o seu cliente insistentemente deseje que você faça isso. Resista ao impulso do cliente para ditar um projeto confuso que certamente fará com que o resultado final fique menos eficaz.



Distribuir os elementos de forma uniforme em toda a página pode parecer a coisa lógica a fazer, mas desestimula a leitura, porque a quantidade de informações sobrecarrega o leitor. Agrupamento de partes relacionadas de informação em grupos apertados faz o projeto mais convidativo e mais fácil de digerir.

                               design tipos de fontes

Muito além de escolher fontes com serifa e serif san para otimizar o seu contraste, existem algumas outras chaves para o bom gerenciamento de fontes. Muitas tipos de  fontes diferentes em uma placa de nomes de lojas causa confusão visual e degrada a legibilidade.

Busque limitar o número de fontes em um projeto ou placa para dois ou três, no máximo, e dois é ainda melhor. Sempre que possível, use fontes relacionadas ou famílias de fontes com muitas opções de variações de peso e estilo, em vez de três ou quatro fontes com faces de tipo diferentes.

Frutiger é um bom exemplo. ( Fig. 7 ) É uma fonte serif san que vem em diversas variações que vão desde fina condensado para negrito extra. A utilização desta família de fontes muito variada pode dar ao seu projeto um olhar organizado e uniforme e ainda fornecer a variedade que você precisa para enfatizar elementos essenciais.


Grandes designers de placas-



Mike Stevens, um dos maiores signer maker, ensina. 


"A execução e criação do Design de um sinal pode ser facilitada por uma característica nata da pessoa que a desenvolve, mas é totalmente sabido que se você aprender conceitualmente o que é necessário para esta execução você fará também um grande trabalho de designer"

ou seja estude o assunto para executar um bom trabalho
mesmo que você não tenha este talento nato.

No Livro Design para quem não é designer de Robin Williams

que você pode baixar neste link em PDF design para quem nao é designer  
também são discutidos varias formas de executar conceitualmente um design de placa.
É um bom material que não foi feito para placas mas
pode ser adaptado as placas.

já o livro "Mastering layout" por Mike Stevens, é um excelente livro sobre design de placas, sugiro a leitura pois ajuda muito em design de logos e placas.



Mike Stevens era um artista fabricante de placas bem conhecido nos EUA e autor que durante a sua vida e até hoje é mantido na mais alta estima por seus pares na comunidade de sign makers. Mike estava no centro de um renascimento da aprendizagem e criatividade para pintores de placas durante a década de 1980. Seu ensino tem tido um impacto duradouro sobre as carreiras de inúmeros outros designers de placas. Embora tenha falecido em 1989, ainda muito cedo na idade de 46, ele é lembrado por seus livros, seu trabalho e por aqueles que o conheciam pela forma significativa em que sua generosidade de espírito e ensino tocou suas vidas.

Mike contribuiu com inúmeros artigos e publicações na indústria de sinais, tais como SignCraft e Signs of the Times. Ele é autor de um livro chamado Mastering Layout: Mike Stevens on the Art of Appeal Eye, que continua a ser um trabalho definitivo sobre o tema do projeto de placas. Ele também publicou materiais de seu próprio trabalho, noventa e nove Showcards por Mike Stevens: um álbum de fotos, bem como fitas de áudio sobre layout de placas e uma fita de vídeo sobre a arte de desenho a mão livre. Além disso, ele patrocinou o Mike Stevens Workshops, realizada em locais em todo o EUA, durante o qual ele pessoalmente instruía os alunos que praticavam os princípios de design de placas, layout e lettering.

Mike Stevens foi fundamental para elevar a arte do design de sinal para um lugar de respeito dentro do maior campo de artes gráficas e comunicação visual. Através de suas publicações e workshops, ele demonstrou que o processo criativo não era um mistério, reservada apenas para os poucos talentosos que tinha talento excepcional. Mike afirmou que os resultados criativos e eficazes poderia ser alcançado por qualquer um que siga certos princípios básicos. Ele identificou a mecânica do projeto do sinal como um processo lógico passo-a-passo e apresentou-o em termos que eram fáceis de entender.



Fórmula layout Natural
design e layout

Um exemplo de capacidade de Mike Stevens para apresentar os princípios de design sofisticados de maneira que seja lógica e fácil de entender.



Mike era muito pé no chão e até mesmo discreto sobre seus próprios talentos. Era tido como paciencioso e interagia um a um de seus pupilos.



Mike tinha e desenvolveu um vocabulário específico para explicar diferentes aspectos do projeto do sinal, como a Fórmula Natural Layout, copiar interpretação e seleção alfabeto. Ele nos mostra como todos os elementos trabalham juntos para compor o projeto 
como um todo.



Uma formulação que nos faz usar as caraterísticas do design e começar a ver a nossa própria capacidade como um conjunto de habilidades que podem ser desenvolvidas, em vez de talentos inerentes que alguém carrega consigo.



Uma das lições úteis para mim foi a ideia de começar um novo design em preto e branco, ao invés de começar com a cor. A afirmação de Mike era que a cor é muitas vezes usado para "salvar" um design pobre. Mas que, se um layout já parece ser bom sem cor, em preto e branco, depois com cor vai realmente dar-lhe vida. Também simplifica e acelera o processo de design se você não está lutando com cores no início, só para ter que descartar opções mais tarde, e desviar a atenção dos fatores que devem ser decididos primeiro.



É divertido e emociona explicar o que isso significa e assistir os olhos de um designer se iluminarem como a compreensão de um novo amanhecer como conceito sobre criação, de que podem aprender a executar um bom design de placas.



 Esses princípios me deram as ferramentas que eu precisava, a fim de estabelecer uma carreira longa e bem sucedida ajudando no design de placas. 



Para ilustrar a profissionalização deste mercado, destaco alguns dos grandes profissionais da área, com o desenvolvimento de suas técnicas e capacidades.
A maioria deles tem materiais a venda de suas técnicas, seja workshops, em DVD ou livros.







                                      Pierre Tardiff - Um dos grandes atuais signs Makers produz peças de rara qualidade e beleza, além de sua forma unica de uso e manuseio das ferramentas de pinturas e acabamentos. 




                                      Mike Meyer - Grande influenciador do mercado com seu talento e execução de peças.


                                      Dan Sawatzky - Um grande desenvolvedor de peças em 3D, tridimensionais, no chamado mercado de peças dimensionais, ou seja sai do simples letreiro para criação de fontes e peças impactantes em 3D, faz uma leitura surpreendente de uma comunicação.




Dave Smith - Dave desenvolveu todo uma especialização no tratamento e trabalho com o vidro, criando peças de rara beleza, com aplicações de ouro e prata.
um trabalho diferenciado. Dave é um grande referencial para inspiração, teve
que estudar muito, materiais, técnicas, produtos até chegar aos níveis de hoje.

                     

Abaixo temos uma pequena lista de livros antigos que remontam a tempos onde a maioria dos itens utilizados e até tintas eram necessário de serem feitas para concluir um trabalho, ajuda a dar uma sequencia histórica as tecnologias, onde o desenvolvimento de letras é uma das mais antigas técnicas. 


                        How to Paint Signs and Sho Cards E. C. Matthews
                        http://www.archive.org/details/howtopaintsignss00matt

                                            The Master Painter (1907)
                       http://www.archive.org/details/masterpainter00unkngoog

                          David's Practical Letterer (Mike Jackson's fav .)
                        http://www.archive.org/details/davidspracticall00hack


ao carregar estes livros em sua página você também terá acesso a uma infinidade de outros livros que estarão demonstrados na parte baixa da página.


Até aqui aprendemos muito sobre as técnicas, e também já aprendemos algumas regras e bons princípios para a fabricação de placas, agora esta na hora de inovar e quebrar as regras fazer um desenho inovador e de qualidade, que atenda a necessidade do cliente.


As novas tecnologias estão agora disponiveis e proporcionando novas fronteiras
ouse, cria formatos, texturas, combinações 3D,
ficou muito mais fácil do que simples letreiros.

design atual

imagem com equilíbrio destaca firmemente do que se trata
o produto fornecido

designers ousados

Técnica de sobreposição de camadas, muito útil para criar ambientação
e diferenciação


designers amadores

Criatividade de texturizar a própria letra

design profissional

Design sobrio, clean e limpo
insigna de alta expressão

design com qualidade

Veja, como o design desta placa destaca e coloca uma áurea de qualidade
em um restaurante
Gera grande valor para o negocio. 

design de logotipos

A exploração de um formato retangular mas que dá uma 
integração, ligando o formato da placa ou tema.

design de fachadas

Uma placa dedicada a criar valor a uma loja de cigarros e afins
são charutos, mas cria uma imagem fortíssima de qualidade,
especialidade e produtos únicos.

design de nome de loja

esta é uma simples placa de endereço
mas olhe como o designer foi feliz neste desenvolvimento.

design de logo

Diferentes tipos de letras e caracteres em alto e baixo relevo
criam um ambiente refinado e de bom gosto

Relembre pontos importantes
        • crie formatos diferentes
        • coloque texturas
        • combine tipos de letras
        • destaque o produto/serviço que o clinte produz
        • coloque apliques
        • combine imagens
        • explore camadas e 3D
        • por fim brinque com cores


transforme seu projeto de placa em uma peça inovadora de 
diferencial e real beleza, agregando valor a seu cliente.
Isso diferencia um bom Designer. 

                                                             41 33727306
                                                  marsexto@terra.com.br




Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Páginas Mais Vistas

Lettering, Caligrafia e Sign maker para Designers

placas para pequenos negócios, porque placas em pequenos negócios

como fazer uma placa de loja, como fazer a arte para placa de loja

fachadas de casas modernas, como valorizar seu imóvel

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *